Teletransporte é realizado pela primeira vez envolvendo matéria

0
64

Teletransporte de informações

Embora o teletransporte de seres humanos e objetos grandes exista por enquanto apenas na ficção científica – a maior “sala de teletransporte” existente hoje tem o tamanho de um chip – o teletransporte no mundo subatômico da mecânica quântica já é uma realidade há algum tempo.

No mundo quântico, o teletransporte tem envolvido o transporte de informações, e não o transporte de matéria – o mais avançado dos experimentos está tentando teletransportar a memória de um organismo vivo.

No ano passado, os cientistas confirmaram que as informações podem ser passadas entre fótons em chips de computador mesmo quando os fótons não estão fisicamente ligados – eles teletransportaram uma operação lógica inteira.

Com tantos progressos, começam a surgir indícios de que o teletransporte também possa ser feito envolvendo a matéria.

Teletransporte envolvendo a matéria

Experimentos realizados por uma equipe das universidades de Rochester e Purdue, nos EUA, mostraram agora que o teletransporte também pode ser possível entre elétrons.

Este é um passo importante na melhoria da computação quântica porque os qubits feitos de elétrons individuais são promissores para transmitir informações nos bem conhecidos semicondutores da eletrônica atual, não exigindo os supercondutores, diamantes e outras plataformas de qubits usadas atualmente.

“Elétrons individuais são qubits promissores porque interagem muito facilmente entre si, e qubits de elétrons individuais em semicondutores também são escalonáveis. A criação confiável de interações de longa distância entre elétrons é essencial para a computação quântica,” explicou o professor John Nichol, membro da equipe.

Até agora vinha se mostrando difícil criar pares entrelaçados de qubits de elétrons que operassem a longas distâncias – o que é necessário para o teletransporte – porque os elétrons geralmente ficam confinados em um único local, ao contrário dos fótons, que se propagam naturalmente por longas distâncias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui