Startup de Maceió está mudando a cidade pelo empreendedorismo

0
139

A cidade de Maceió, no estado de Alagoas, abriu espaço entre as praias turísticas e os típicos moluscos sururus para seus primeiros negócios escaláveis e inovadores. Um deles é a Trakto: mais do que uma plataforma de criação de materiais de marketing, a startup tem como missão levar a cultura do empreendedorismo tecnológico para Maceió.

Suas estratégias, que incluem um evento próprio sobre criação de negócios e a capacitação de desenvolvedores regionais, são parte do crescimento das inovações na capital alagoana. A Associação Brasileira das Startups já deu à comunidade empreendedora de Maceió um nome: Sururu Valley, uma homenagem ao molusco típico da região.

Oportunidade de negócio

O cofundador Paulo Tenorio imaginou a Trakto em 2009, quando morava nos Estados Unidos. Ele trabalhava como freelancer de computação gráfica e efeitos especiais e tinha dificuldade em calcular o valor de sua hora e em montar materiais de divulgação do seu trabalho. Essa dor poderia ser a de outros empreendedores com nenhum ou poucos funcionários.

Tenorio teve de voltar a sua terra natal por problemas de saúde do seu pai. Em março de 2013, o freelancer se juntou ao desenvolvedor Jorge Henrique para fundar a startup. A Trakto começou desenhando propostas comerciais e logo passou para a produção de materiais para redes sociais por meio de um editor online, aberto no próprio navegador e permitindo o trabalho a partir de qualquer computador. O objetivo é produzir uma semana de postagens em alguns minutos.

Hoje, o software como serviço (Saas) tem 400 mil usuários de solução e oito milhões de designs já realizados. Menos de 1% dos usuários são do estado de Alagoas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui