Por que esta é a hora das startups de saúde, as healthtechs

0
198

Por que esta é a hora das startups de saúde, as healthtechs

A plataforma brasileira Cuidas nasceu a partir da percepção de seus criadores de que a área da saúde é uma das mais promissoras no país. e também uma das que mais precisam de melhorias.

“Pensamos em qual problema poderíamos solucionar de forma social e financeiramente sustentável, e identificamos que a área da saúde era a que mais oferecia desafios”,conta Matheus Silva, um dos três fundadores da startup.

A avaliação dele e dos sócios Deborah Alves e João Henrique Vogel ganhou reforço diante de uma pesquisa da consultoria McKinsey feita com 5 mil brasileiros apontando que a maior insatisfação da população era com a área da saúde.

Mesmo com um sistema de assistência de saúde universal e gratuita, ainda há muitas falhas e principalmente, muita desigualdade no acesso e na qualidade do atendimento no país. Os desafios atuais, aliados às mudanças sociais, ao envelhecimento da população e à evolução tecnológica, criam uma variedade de oportunidades de negócios nesse segmento e é aí que ganham espaço as chamadas healthtechs, as startups voltadas para a saúde.

No caso da Cuidas, o foco são os cuidados primários. É uma solução para empresas, mas não é um plano de saúde e tampouco possui clínicas, laboratórios ou hospitais. É uma plataforma que coloca à disposição dos funcionários da empresa contratante uma equipe de médicos e enfermeiros para atendimento básico de queixas, no local de trabalho,e ao mesmo tempo, atua na gestão da saúde básica dos participantes. “Conseguimos absorver mais de 80% dos primeiros cuidados da saúde”, conta Silva.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui