Marcas apostam no TIkTok em busca de mais visibilidade

0
55052
Marcas apostam no TIkTok em busca de mais visibilidade

Tik Tok -Apesar do Instagram e Youtube serem as redes sociais mais utilizadas por boa parte dos brasileiros, quem ganha destaque entre os mais jovens atualmente é o TikTok. De acordo com uma pesquisa realizada pela Squid, empresa líder em marketing de influência e comunidades do Brasil, 34,2% da Geração Alpha (menos de 16 anos) e 21,1% da Geração Z (16 a 23 anos) consideram o TikTok a principal rede social do momento.

A plataforma ultrapassou todas as redes sociais e se tornou o aplicativo mais baixado no mundo em 2020, ficando à frente de apps como Facebook, WhatsApp e Instagram. Para acompanhar essa tendência, algumas marcas apostaram nessa nova onda e se jogaram na rede social queridinha do momento, como é o caso do Zul+, principal autotech da América Latina, que foi uma das pioneiras a levar o setor automotivo para o TIkTok .

André Brunetta, CEO do Zul+, enxerga a oportunidade como chance de crescimento e mais visibilidade. Para ele, as empresas que querem se relacionar com seu público devem estar presentes nas principais redes sociais usadas. “Os últimos meses serviram para comprovar o potencial que a presença online pode alcançar, especialmente quando as marcas apostam na criatividade e criação de experiências. Ser conhecido por clientes e potenciais compradores em diversas mídias é fundamental para que uma marca conquiste autoridade e se torne referência no seu segmento de atuação”, afirma o CEO.

Os brasileiros passam em média 5 horas por dia nas redes sociais. Segundo um estudo divulgado pelo Cuponation, o Brasil está na segunda posição no ranking global dos países com maior tempo de uso das redes sociais, ficando atrás apenas da Indonésia, onde a população chega a passar 5,2 horas diárias nas redes sociais.

“Pense em quantas vezes por dia uma marca pode aparecer no feed de um possível comprador, mostrando além de uma propaganda, uma mensagem marcante. Isso cria identidade e colabora para a marca ser lembrada mais facilmente pelo seu público, é o que procuramos fazer com o Zul+ estando presente no TikTok, Instagram, Facebook e LinkedIn”, pontua André.

+++Sinais que podem ajudar empresas na era da transformação comprimida

Nesse sentido, muitas marcas também têm apostado na criatividade dos creators para promover seus produtos e serviços por meio das redes sociais. Em pesquisa, a Squid já observou que mais de 30% já utilizam plataformas, que privilegiam o entretenimento, a música e a espontaneidade nos conteúdos. “Hoje, mais do que nunca, as marcas estão buscando se conectar com as comunidades que a sustentam. O TikTok é uma excelente ferramenta para conversar com diversas pessoas, de forma não etária, colocando o conteúdo leve e espontâneo na jornada – de forma extremamente viralizável”, comenta Felipe Oliva, cofundador e CEO da Squid.

Além disso, algumas empresas estão contratando tiktokers, criadores nativos da plataforma, que não eram conhecidos em outros meios como rádio, televisão e ainda outras mídias sociais – como o Instagram -, para inserir no conteúdo publicidade de forma natural. “Fazer estratégia de marketing digital no TikTok é uma nova forma de otimização e alcance, uma vez que – além do algoritmo da plataforma segmentar por comportamento e não por audiência – a amplificação da temática acontece de maneira orgânica em outras comunidades e redes sociais”, finaliza Oliva.

 

Da assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui