Golpes financeiros – Dicas para não cair!

0
30
Banco de imagens
Golpes financeiros  -Investimentos sem risco, retorno rápido e alto? Esses são alguns para não cair em golpes financeiros. A educadora financeira da Ativa Investimentos, Bia Moraes, está disponível para falar sobre o tema e separou algumas dicas para quem tem vontade de investir, mas ainda tem medo de perder dinheiro em alguma fraude.

Um levantamento divulgado em julho pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), revela os homens são as principais vítimas de golpes financeiros (91%). A maioria tem entre 30 e 39 anos de idade (36,5%) e pós-graduação (38%). Entre os ativos que mais renderam prejuízos às vítimas, as criptomoedas foram as mais citadas (43,3%), seguido do mercado Forex (29,8%), opções binárias (16,9%) e ações (15,2%).

Mas como saber que não está sendo enganado? Abaixo, cinco dicas da Bia Moraes para não cair em golpes de investimentos.

1 – Cuidado com as pirâmides

A principal característica de pirâmides financeiras é a promessa tentadora de retorno em tempo recorde. Para participar, geralmente é cobrado um valor inicial para ser “rentabilizado”. Depois disso, os criminosos podem usar esse dinheiro para pagar os antigos, ou então, os criminosos oferecem uma espécie de comissão sobre o valor depositado. O grande problema é que esse sistema não é sustentável, além de ilegal.

2 – Não existe retorno garantido e investimentos com risco zero 

No mercado financeiro não existe nenhum ativo livre de risco. Em alguns casos, o risco pode ser bem pequeno, mas nunca inexistente. Então qualquer oferta que te ofereça risco zero atrelado a uma rentabilidade fora da curva, desconfie. Imagine se fosse possível existir um investimento com uma rentabilidade alta e sem risco. Porque, sendo assim, investiriam em qualquer outra coisa?

+++Como repensar seu negócio para o WhatsApp?

3 – Duvide da procedência 

Alguns golpes se apresentam associados à produtos ou operações, como criptomoedas, ações, daytrade, tentando dar alguma credibilidade ao processo. Todos esses investimentos dependem de uma instituição, como uma corretora, pra intermediar o processo. Então busque entender a procedência antes de depositar o dinheiro na conta de um terceiro. Na dúvida, é possível buscar informações na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), autarquia vinculada ao Ministério da Economia, ou na Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), que regulam e certificam os agentes do mercado.

4 – Desconfie de indicações 

Para ver o seu dinheiro através dos investimentos, não existe a necessidade de trazer um amigo para aumentar a rentabilidade. As pirâmides financeiras usam as pessoas que já caíram no golpe para trazer mais vítimas para o esquema.

5 – Peça ajuda de um especialista 

Na dúvida é melhor procurar um assessor de investimentos. São os especialistas com as melhores orientações sobre o assunto, indicando quais são os verdadeiros riscos e taxas para que você possa investir com tranquilidade. Na Ativa Investimentos, assim como em outras corretoras, é possível contar com esse profissional de forma gratuita.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui