Estudo inédito da Socialbakers revela mudanças e tendências nas redes sociais durante a pandemia

0
138
Socialbakers, líder global em soluções para a otimização de performance corporativa em redes sociais, divulga novo relatório abrangente sobre as tendências no bilionário mercado de publicidade nas redes sociais. O estudo detalha o impacto da COVID-19 no marketing e as mudanças na publicidade paga em todo o mundo. Algumas das principais conclusões do relatório incluem um declínio no custo por clique (CPC) em regiões afetadas pela COVID-19 e um aumento significativo no tempo em que as pessoas ficam conectadas durante a pandemia global. O levantamento também mostra um aumento no envolvimento do público com influenciadores que publicam conteúdos considerados mais humanos, em oposição a conteúdo aspiracional ou com excesso de curadoria. Essas tendências oferecem às marcas a oportunidade de expandir seu alcance entre o público que está passando mais tempo online, com um custo potencialmente mais baixo para conteúdo patrocinado.

“Durante a pandemia, vimos o quão importante a mídia social se tornou e como é um local ideal para os consumidores descobrirem conteúdos. Enquanto o Facebook é a rede para notícias e informações, o Instagram é para ver lugares e coisas que as pessoas planejam ir e fazer quando puderem. E as pessoas estão gastando mais tempo nas redes sociais consumindo conteúdo, e, ao mesmo tempo, as marcas são forçadas a manter seus orçamentos em resposta à incerteza econômica”, afirma Alexandra Avelar, country manager da Socialbakers no Brasil. “Esses comportamentos abriram uma janela única de oportunidade para as marcas mais experientes ficarem próximas de seus clientes enquanto aumentam seu alcance e engajamento a um custo menor. E as pessoas querem sentir que suas marcas preferidas estão se envolvendo para ajudar nesse período de crise”.

+LEIA TAMBÉM:http://rotadainovacao.com.br/4-dicas-para-potencializar-seu-wi-fi-em-casa-e-evitar-sobrecarga/

Público passa mais tempo online
Com a prática do distanciamento social durante a pandemia, as pessoas estão passando mais tempo online, de acordo com dados da Socialbakers. Por exemplo, os fãs das páginas de marcas no Facebook da Europa passaram mais tempo online em março, durante todo o dia, em comparação aos meses anteriores. O horário de pico de acesso às redes sociais tem sido às 20h e a diferença foi ainda mais marcante durante os finais de semana, quando as pessoas geralmente ficavam fora de casa. Comparando fevereiro e março, o pico de utilização aumentou 13,2% nas noites de sexta-feira e 14,8% nas noites de sábado.

Oportunidade para as marcas obterem maior alcance com conteúdo patrocinado
Das seis regiões estudadas pela Socialbakers, cinco tiveram um declínio no custo por clique (CPC) em março, quando a pandemia realmente se espalhou. Essa queda nos custos com anúncios variou de 22,1% no sudeste da Ásia a 42,4% no sul da Europa. Embora o alcance geral das páginas de marca no Facebook tenham diminuído a partir de março, as empresas que promoveram suas postagens, aproveitando o custo baixo dos anúncios, tiveram um aumento de 28,6% no alcance da página entre 13 de março e 13 de abril.

O gasto com anúncios e o CPC aumentam no leste da Ásia
Analisando as regiões do mundo, todas mostraram a diminuição anual esperada nos gastos com anúncios nos feriados. Após alguns aumentos no novo ano, a maioria diminuiu de volta para o nível de férias no primeiro trimestre ou até mais baixo por causa da pandemia. Uma exceção é o leste da Ásia, onde os negócios já estão retomando. Nesta região, os gastos com anúncios cresceram 12,7% desde o início de março, com aumento do CPC em 30,7% durante o último mês, retornando aos níveis do outono de 2019. Isso sugere que quando outras regiões controlarem o coronavírus, os gastos com anúncios também irão se recuperar.

Metodologia do relatório
Os Social Media Trends Reports refletem o banco de dados da Socialbakers no início do trimestre seguinte ao trimestre do relatório. Os dados são extraídos uma vez e não são atualizados entre as liberações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui