Ele fechou uma rede de lojas e passou a vender com bicicleta

0
127

Ele fechou uma rede de lojas e passou a vender com bicicleta

Para muitas pessoas, o empreendedorismo surge como uma alternativa à falta de emprego. Sem experiência e com receio de investir em uma ideia própria, procurar uma franquia acaba sendo uma opção que traz certa sensação de segurança – afinal, as empresas franqueadoras costumam oferecer apoio em todo o processo de abertura e gestão do negócio. Os números do setor também são animadores. De acordo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o mercado de franquias teve aumento de 6,4% no faturamento no primeiro semestre de 2019 em comparação com o mesmo período do ano passado.

A empreendedora Bárbara Correa Babeto decidiu que era hora de abrir uma franquia depois de deixar o emprego. Ela desejava não apenas uma mudança em sua vida profissional, como também aproveitou o momento para conciliar outro desejo: retornar para sua cidade natal, Florianópolis. Bárbara acabou optando por uma franquia de varejo no ramo de saúde. “Eu não sabia nada sobre o mercado de saúde nem entendia de comércio. Acreditamos na segurança da franquia, mas hoje vejo que isso também é um risco. Não existe garantia de sucesso”, explica.

Por dois anos, Bárbara enfrentou muitos desafios – como a gestão do estoque e o capital de giro necessário para manter o negócio até que ele se sustente. Ela investiu R$ 180 mil para conseguir abrir o negócio e hoje está em fase de recuperação do investimento inicial. Para aqueles que pensam em abrir uma franquia, Barbara aconselha que o candidato esteja consciente de que é preciso assumir riscos. “É preciso ter esse preparo emocional e também buscar a profissionalização de seu negócio, jamais confundi-lo com as finanças de sua vida pessoal”, diz.

Com a experiência adquirida, a empreendedora agora avalia a possibilidade de ter sua própria marca no futuro. “Hoje realmente conheço a importância de ter um capital de giro e separar uma parte do dinheiro para imprevistos com manutenção e folha de pagamento. Tudo que aprendi foi muito útil. Hoje me sinto mais forte e corajosa”, conta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui