Anhanguera Guarulhos realiza 17º edição da Guerra de Robôs

0
728

De 14 a 23 de outubro, a Anhanguera de Guarulhos vai sediar a 17ª edição da “DESTROYBOTS – XVII Guerra de Robôs 2019 – A Origem das Máquinas”, a tradicional competição de robótica, com os mesmos padrões e regras internacionais da Robot Fighting League “Standard Ruleset”, competição norte americana que é referência mundial.

A competição contará com combates eletrizantes de mais de 200 máquinas preparadas para destruir seus oponentes em quatro categorias: Robô de Combate com Fio até 9 kg; Robô de Combate sem Fio até 12 Kg; Robô Grua Móvel com Fio até 12 Kg; Robô de Combate Destroyer Featherweight. Uma das apresentações mais esperadas pelo público é a da categoria Robô de Combate Destroyer Featherweight, inspirada na famosa competição Norte Americana BattleBots.

Este ano, 120 equipes participarão com máquinas de combates evoluídas e destruidoras, controladas por rede sem fio (wireless) e com dimensões de até 50cm x 60cm x 50cm e peso de até 13,6 quilos. Os equipamentos utilizarão armas como lança chamas, serra elétrica, rolo compressor, disco de corte, lâminas giratórias, dentre outros dispositivos para disputar cada combate com força, estratégia e agilidade em uma arena retangular e de superfície lisa com 2,8 metros de comprimento. Todos os combates poderão ser acompanhados em tempo real pelo link http://www.facebook.com/destroybots.

Para o coordenador dos cursos de Engenharia da Anhanguera de Guarulhos e idealizador do evento, Wagner Marques Rossini, a Guerra de Robôs é muito mais do que uma competição acadêmica: “a proposta é desenvolver o raciocínio e potencial estratégico dos alunos e estimulá-los a aprender colocando a mão na massa para que eles estejam familiarizados com as novas tecnologias empregadas na indústria”.

Segundo Wagner, participar da Guerra de Robôs já se tornou meta do primeiro semestre do ano letivo: “a iniciativa motiva e envolve os alunos, estimulando a imaginação e agregando conhecimento tecnológico de ponta”.

Concrebol e Ponte Macarrão

Além das disputas de robôs, o evento também trará outras categorias Concrebol — Bola de Concreto e Ponte de Macarrão, destinada aos alunos dos cursos de Engenharia Civil e Engenharia Química.

O projeto Bola de Concreto consiste em arremessar uma bola de concreto de aproximadamente 240 mm de diâmetro dentro de um gol. “A proposta do projeto demanda conhecimento e técnica para a construção de uma bola de concreto. A competição faz a bola rolar sobre um equipamento dotado de um contrapeso, que arremete a bola, fornecendo-lhe o impacto necessário para que atinja a outra extremidade, onde está o gol. Caso acerte o gol — para isso, precisará rolar em trajetória retilínea — a próxima etapa é submeter a bola a um aparelho de compressão, para medir sua resistência”, explica Rossini.

Já o projeto Ponte de Macarrão desafia o aluno a aplicar conhecimentos básicos da disciplina Resistência dos Materiais, para resolver problemas de estruturas: o projeto, a construção e o ensaio destrutivo de uma ponte treliçada de macarrão tipo espaguete e colas epóxi e quente. A ponte deve ser capaz de vencer um vão livre de 1m, com peso não superior a 750 gramas.

A 16ª Guerra de Robôs da Anhanguera de Guarulhos é gratuita e aberta ao público. Interessados em assistir as competições podem comparecer ao campus I da instituição, localizado na Rua do Rosário, 300, no Centro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui