A onda dos bullet journals: papelaria focada em produtividade enfrenta o coronavírus

0
82

Os quiosques lojas de shopping centers dependiam do contato físico com o cliente e tiveram de se reinventar com a pandemia causada pelo novo coronavírus. Entre eles está a Magnólia Papelaria. A rede de papelarias franqueadas com foco em produtividade precisou adotar sua proposta na própria empresa.

O negócio investiu em delivery e em uma loja virtual que continuasse recompensando franqueados e vendedores. A Magnólia Papelaria faturou R$ 13,7 milhões em 2019. Mesmo com efeitos da pandemia, aposta no segundo semestre e projeta uma expansão de cerca de 50% para 2020.

A Magnólia Papelaria foi criada pelos empreendedores Julia Hueb, Fillipe Janiques, Igor Vendas, Thiago Janiques e Vitor Viana. Igor e Julia eram franqueados de outros quiosques de shopping center e viam espaço para papelarias que tivessem produto exclusivos.

Itens como bullet journals eram caros nas lojas brasileiras ou precisavam ser importados de e-commerces americanos e asiáticos. Por isso, a Magnólia se especializou em vender esses materiais para a produtividade com linhas de fabricação própria. Há planejadores para casamento, estudos, tarefas de trabalho e rotina da casa.

O primeiro quiosque da Magnólia Papelaria foi aberto em 2018, em Brasília. O bom resultado nas vendas gerou a formatação de franquias poucos meses depois. A Magnólia Papelaria tem quatro unidades próprias e outras 37 franqueadas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui