4 dicas para potencializar seu wi-fi em casa e evitar sobrecarga

0
261
4 dicas para potencializar seu wi-fi em casa e evitar sobrecarga – Com a recomendação de quarentena devido ao grande crescimento dos casos de coronavírus, a internet acaba sendo a principal alternativa de trabalho, entretenimento, informação e, até mesmo, ensino.

Neste cenário, as operadoras de telefonia registraram um aumento médio de 40% no tráfego de internet banda larga fixa de sua rede e picos de consumo até 15% maiores, podendo levar a inconstância do sinal.

 

LEIA MAIS - OPINIÃO – Como criar uma cultura inovadora em tempos de crise?
Com esse aumento no consumo de internet, é comum que alguns usuários, nos últimos dias, tenham enfrentado lentidão no envio de e-mails, falhas na hora de ver a série favorita ou mesmo total ausência de sinal.

Para explicar melhor esse cenário, Marcello Liviero, Diretor Nacional de Vendas da TP-Link no Brasil, faz um comparativo: “a rede de internet é semelhante às vias públicas: quanto maior trânsito, maior a lentidão. O fato de termos muitos usuários conectados ao mesmo tempo provoca a redução de velocidade e maior latência, ou seja, os dados demoram mais para trafegar”.

Pensando nisso, o especialista separou quatro dicas de como melhorar o sinal Wi-Fi da forma mais eficaz possível, otimizando o alcance do sinal do roteador, tornando-o estável e constante em todos os cômodos da casa.

Confira:

• Coloque o roteador em locais altos: 

Wi-Fi funciona por ondas, assim como o aparelho de celular. Ou seja, dependendo do material da parede, da localização dos móveis ou dos aparelhos eletrônicos, pode haver uma interferência no sinal, não chegando em todos os cômodos. “O recomendado é colocar o roteador em um local central e elevado da casa, assim o sinal se expande para baixo e para os lados e fica livre de objetos ao redor”, explica Marcello.

• Invista em um repetidor de sinal: 

em alguns casos, mudar o roteador de local não é possível. Uma solução é apostar em um repetidor de sinal. Este tipo de aparelho é direcionado especificamente para ampliar o alcance do Wi-Fi. O ideal é instalá-lo nos cômodos onde o sinal não chega, melhorando o desempenho do roteador.

• Mude o canal de transmissão: 

Aparelhos como celulares e micro-ondas atuam na mesma frequência (2.4 GHz) que a maioria dos roteadores do mercado, causando interferências na propagação do sinal do Wi-Fi. “A melhor alternativa é mudar o canal de transmissão do roteador. Configure o aparelho para selecionar o canal automaticamente, assim ele vai localizar o melhor canal dentro da frequência que compita menos com outros equipamentos”, sugere.

• Reinicie frequentemente o roteador: 

Por conta do seu uso intenso, o roteador pode acabar se aquecendo e, consequentemente, travar. Para resolver esse problema, é recomendado reiniciá-lo manualmente com uma certa frequência. Outra opção é desligá-lo durante os momentos em que ninguém está usando, assim, quando for ligado novamente poderá ter uma melhora na transmissão de sinal do aparelho, além de garantir maior vida útil ao seu equipamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui