4 dicas do escritório do futuro

0
47
Banco de imagens

Escritório do futuro -De acordo com uma pesquisa realizada pela consultoria KPMG , 66,2% das empresas entrevistadas já voltaram ou pretendem voltar presencialmente ao longo do ano de 2021, sendo que 87,3% dos entrevistados afirmam que adotarão um modelo híbrido. Este formato permite que os funcionários tenham a flexibilidade de trabalhar de casa e ir aos escritórios somente em dias determinados da semana.

“A transformação digital dentro do mercado de trabalho é algo que veio para ficar, e o uso de plataformas que auxiliam no gerenciamento de times e metas ou softwares de segurança tecnológica tem se mostrado cada vez mais fundamentais e produtivos tanto para as empresas como para os funcionários que conseguem organizar melhor o tempo, definir objetivos de curto prazo e trabalhar com maior autonomia, foco e colaboração”, explica Daniel Alves, Fundador da Colorkrew no Brasil – empresa de tecnologia e inovação que descomplica a gestão de objetivos, ativos e recursos.

Pensando nesse novo momento do mercado de trabalho, o executivo separou 4 dicas sobre como as empresas devem se preparar para o escritório do futuro:

• Se adaptar aos modelos flexíveis

A principal característica do escritório do futuro é a flexibilidade e, por isso, os espaços físicos tendem a funcionar mais como um coworking, com visitas pontuais e pré agendadas dos funcionários, e menos como um ambiente fixo de trabalho.

Para atender a essa demanda de gestão do escritório, reservas de mesas, cadeiras, vagas e até mesmo de equipamentos, como notebooks e projetores, algumas empresas já desenvolvem ferramentas que auxiliam na gestão desse novo formato de escritório. As plataformas de gestão possibilitam que os colaboradores realizem todas as funções desejadas, como por exemplo check-in/check-out, reserva de mesas, salas de reuniões, vagas de carro e equipamentos, tudo por meio da leitura de um QR Code.

• Otimizar a gestão e comunicação entre funcionários e líderes

Conforme relatório da Microsoft publicado em março deste ano, uma das principais necessidades dos colaboradores neste novo momento é a proximidade com os seus líderes e equipes, além de um melhor gerenciamento de metas e resultados. Apesar de apoiarem o trabalho a distância, muitos funcionários sentem que estão sem uma gestão e, por conta da falta de comunicação, acabam sobrecarregados com altas demandas e metas que não condizem com o dia a dia do trabalho.

Uma boa solução para evitar que as equipes fiquem sem alinhamento e se mantenham engajadas é o uso de aplicativos de gestão de metas que funcionam como uma rede social criada para cada empresa, permitindo acompanhar os resultados e objetivos atingidos pelas equipes, maior integração e comunicação entre os times, criação de grupos para debates, entre outros.

+++Entrevista:Ela é pioneira em inteligência coletiva

• Implementar novas metodologias de gestão voltadas para resultados

Para garantir um time engajado e focado em resultados reais, além de melhorar a comunicação entre as equipes, outra tendência é trazer para o ambiente corporativo a metodologia de OKR’s (Objective, key-results, ou Objetivos e resultados chave) – modelo de gestão focada em simplificar a definição e rastreamento de objetivos e resultados-chave da empresa.

Esses objetivos são traçados de forma mais objetiva e em concordância com o dia a dia de trabalho dos colaboradores, garantindo que os times não fiquem sobrecarregados possam ter uma direção clara para conquistarem os objetivos, além de facilitar a atuação de times auto gerenciáveis.

• Investir em Cibersegurança

Durante o ano de 2020, os ataques hackers do tipo de força bruta a serviços de acesso remoto cresceram 704% em toda a América Latina em decorrência do home office. Isso aconteceu porque as empresas não estavam preparadas para a implementação de modelos de trabalho remoto e, grande parte delas, não dispunham de um ambiente digital seguro, se tornando um alvo fácil dos hackers.

Para isso, a tendência é que as empresas adotem soluções que oferecem um login descomplicado e de fácil acesso para os colaboradores, a fim de garantir um ambiente digital 100% seguro e que não coloque em risco os dados e documentos das corporações. Alguns softwares, por exemplo, já possibilitam um acesso sem a necessidade de digitar usuários, senhas ou tokens – o login é feito por meio da leitura de um QR Code dinâmico e autenticada por um código alfanumérico gerado automaticamente com uso de tecnologia bancária.
Da assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui